CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 31 de maio de 2013

TARAUACÁ: REUNIÃO COM DEPUTADOS, GOVERNO MUNICIPAL, VEREADORES, SINDICALISTAS E SERVIDORES ESTADUAIS AMEAÇADOS DE DEMISSÃO, CRIA COMITÊ DE RESISTÊNCIA EM NOSSO MUNICÍPIO.

Deputado Estadual Moises Diniz

Aconteceu na noite de ontem em Tarauacá, o ato de criação do Comitê de Resistência dos em apoio aos 11.554 trabalhadores do serviço público ameaçados de demissão no Acre. A reunião que contou com a presença de Deputados Estaduais, Prefeito, Vice, Vereadores, sindicalistas e muitos servidores, foi realizada no auditório da Câmara de Vereadores.

Vereador Jesus Sérgio

Sob a liderança do Deputado Moisés Diniz, o movimento busca unificar governo, oposição, autoridades, políticos, religiosos, poderes públicos e o povo do estado, para que se manifestaram contra a ameça de demissão dos servidores públicos estaduais e municipais diante de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Muitos servidores na reunião

Além de Moisés Diniz, os deputados Walter Prado, Manoel Moraes, Eber Machado e Eduardo Farias estiveram na reunião manifestando apoio. O prefeito Rodrigo Damasceno , Vice Chagas Batista e Manoel Monteiro, presidente da Câmara e demais vereadores manifestaram total apoio aos servidores.

Autoridades manifestaram total apoio

Próxima semana o STF decide tudo. Segunda-feira um grupo de deputados e uma caravana de sindicalistas embarca para Brasília, aonde visitarão os dois Ministros do STF que faltam votar na ADI 3609 e se reunião com vice presidente do Senado e com o presidente da Câmara Federal para tratar da tramitação da PEC 54.

Moises, Rodrigo e Eurico - União de todos



O STF declarou inconstitucional a contratação de todos os servidores sem concurso público entre 1983 e 1994. A medida atinge não só os 11 mil servidores, mas uma grande parcela da população acreana através principalmente de suas famílias, além de gerar um possível caos social nos serviços públicos e economia. Esse número representa quase um terço dos servidores efetivos do estado. Entre ele, são mais de 4 mil servidores na área de educação, mais de 3 mil servidores na área de saúde e são mais de 600 servidores da Polícia Civil.

Os sindicatos ainda afirmam que mesmo com a criação dos concursos públicos para preencher as vagas que ficarem abertas após as demissões, será muito difícil para os servidores que estão se dedicando apenas a vida pública entre 20 a 30 anos conseguirem passar para os cargos.

Raimundo Accioly do Comitê de Resistência é um dos ameaçados


Comitê de Resistência

O Comitê de Resistência de Tarauacá foi criado na noite de ontem reunindo líderes sindicais, líderes políticos tanto de oposição como situação e a população em geral. Para o Deputado Moisés Diniz essa luta é do povo do Acre. “Estamos convencidos que essa não é uma luta política, é uma luta apartidária, estamos lutando pelo povo do Acre”, disse. O Comitê também está sendo criado em outros municípios do Acre.
























fotos: Jarde Lopes/colaborador

Nenhum comentário: