CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Deputado Daniel Zen apresenta PL sobre conscientização da Síndrome Alcóolica Fetal


O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen (PT), apresentou durante a sessão desta terça-feira (10) um projeto de lei que institui o Dia da Conscientização e Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal. De acordo com o parlamentar, quanto mais a população for melhor orientada, menores serão os casos.

A Síndrome alcoólica Fetal é um transtorno mais grave do espectro de desordens fetais alcoólicas. Constitui um complexo quadro clínico de manifestações diversas que podem ocorrer em quem cuja mãe consumiu bebida alcoólica durante a gestação. Os efeitos decorrem da interferência na formação cerebral, em especial na proliferação normal e migração dos neurônios que não se desenvolvem completamente em certas estruturas e podem acarretar alterações congênitas, anomalias do sistema nervoso central, retardo no crescimento e prejuízos no desenvolvimento cognitivo e comportamental.

“É algo grave, pois vai desde alterações na formação física do feto até problemas no desenvolvimento psicomotor, com prematuridade, atraso no crescimento, microcefalia, má formação em órgãos e uma série de outras deficiências. Isso afeta severamente a qualidade de vida dessas pessoas e não tem cura, mas é 100% evitável, pois diferente de outras síndromes congênitas, ela é resultante de uma mãe que consumiu álcool durante a gravidez”, destacou.

O parlamentar destacou que a conscientização ainda é a melhor forma de prevenção da síndrome, pois o consumo de álcool durante a gravidez ainda é algo amplamente praticado por quem desconhece os riscos que o ato pode trazer. De acordo com ele, um estudo feito por organizações de saúde apontou que 22% das grávidas consomem bebidas alcoólicas e que a doença contabiliza no mundo de um a três casos para cada 1.000 nascidos vivos.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Nenhum comentário: