CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Eleitorado do Acre chega a 532.033 em janeiro


O Estado do Acre encerrou o mês de janeiro com 532.033 eleitores, o que representa um crescimento de 59,8% em comparação a outubro de 2000, este é o 5o maior crescimento entre as Unidades da Federação, no período. Os dados estão disponíveis no setor de estatísticas do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O cinco maiores crescimentos percentuais entre 2000 e 2018 foram verificados na Região Norte. O Amapá lidera o ranking, e no período o eleitorado do estado quase que dobrou, com o aumento de 96,5%, e passou de 250.077 a 491.500 eleitores. Em segundo lugar está Roraima (75,6%), em terceiro Amazonas (67,3%) e em quarto o Pará (66,17%).

Na última eleição para os cargos de governador do Estado e presidente da República, em 2014, o Acre tinha 506.724 eleitores. Este ano, 25.309 pessoas a mais terão o direito de escolher os futuros governantes do país. O número podia ser ainda maior se 7.500 eleitores não tivessem tido o título cancelado.

A quantia de novos eleitores é superior ao dobro da diferença de votos entre Tião Viana (196.509) e Marcio Bittar(186.658), no segundo turno do último pleito para o governo do Acre, que foi de 9.851 votos.

Os cidadãos que pretendem votar nas Eleições Gerais de 2018 e que ainda não tenham tirado o título de eleitor têm até o dia 9 de maio para requerer a inscrição eleitoral.

Do total de eleitores, as mulheres são maioria, um total de 274.157 (51,53%) e os homens somam 257.872 (48,46%). Em 2000, os homens eram maioria, e correspondiam a 51,8% do total de 318.955 eleitores, ou seja 165.468.

Ensino

Do total de eleitores: 115.737 cidadãos têm ensino fundamental incompleto (21,75%); 111.158 ensino médio completo (20,89%); 76.205 ensino médio incompleto (14,32%); 65.084 lê e escreve (12,23%); 53.600 são analfabetos (10,07%) e 48.648 têm ensino superior completo (9,14%).

Como tirar o título

Para obter o título de eleitor, o cidadão deve ir ao cartório eleitoral da região, com os seguintes documentos: carteira de identidade, carteira de trabalho ou certidão de nascimento ou casamento. A apresentação da Carteira Nacional de Habilitação ou passaporte exigirá complementação documental para suprir os dados necessários à emissão do título; comprovante de residência original e recente; e certificado de quitação do serviço militar para os maiores de 18 anos do sexo masculino.

Voto obrigatório?

Pela Constituição Federal, o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios aos brasileiros a partir dos 18 anos e facultativos aos jovens de 16 e 17 anos, aos maiores de 70 anos e aos analfabetos.

Natan Peres

Câmara prevê medidas em período de alagação


A Câmara Municipal de Rio Branco pretende adotar as mesmas medidas que a prefeitura tomará no período de possível alagação.

O presidente da Câmara, vereador Manuel Marcos (PRB) iniciou conversas com servidores e parlamentares sob que medida adotará caso o Rio Acre atinja a cidade.

“Estamos preocupados como a maioria das pessoas que vivem as margens do Rio Acre. Nossa Casa também fica próxima e iremos adiar as manutenções que precisam ser feitas por conta do período e todos ficarão alertas, caso o rio atinja os 12 metros” disse Manuel.

O vereador ainda informou que estará reunindo com vereadores e servidores para ajudar os funcionários da casa que moram nestas áreas e estarão utilizando as estruturas do parlamento para ajudar as famílias atingidas.

“Iremos ajudar os nossos servidores, terceirizados e até vereadores a saírem dessas áreas durante este período e nos organizaremos com a prefeitura para ajudar as pessoas durante a cheia, seja com mão de obra ou veículos dos parlamentares para encaminharmos as famílias aos abrigos se for necessários” destacou o presidente.

Victor Augusto

Ifac oferta Ensino Médio diferenciado e garante aprovação de estudantes no Enem

Com a proposta de garantir uma educação pública de qualidade e com foco voltado ao mercado de trabalho, visando ainda as áreas de ciência e tecnologia, o Instituto Federal do Acre (Ifac) oferta centenas vagas, anualmente, para que estudantes possam realizar o Ensino Médio e ao mesmo tempo ingressar em um curso técnico.
Este tipo de formação, que leva o nome de “Ensino Integrado” e faz parte da Rede Federal de Educação, tem sido realizada no Estado há oito anos, graças a instalação do Instituto Federal do Acre nos municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri.
Com o auxílio de aproximadamente 300 professores, os jovens diariamente vão construindo seu futuro escolar e profissional dentro e fora dos cinco campi do Ifac.
Atualmente, os estudantes do Ensino Médio do Ifac, além de contarem com as aulas diárias, têm oportunidade de desenvolver projetos de pesquisa, integrar ações culturais e esportivas, concorrer a bolsas estudantis, participar de eventos científicos e tecnológicos nacionais e ainda realizar intercâmbios.
O ensino diário, somado às diversas atividades ofertadas aos estudantes, tem garantido bons resultados. Exemplo disso, são os mais de 50 alunos do Ifac aprovados, somente este ano, em cursos superiores de diversas instituições federais do país, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 
Entre estes jovens está o ex-aluno do Ifac André Alfonso Peixoto, que concluiu o Ensino Médio em conjunto com o curso técnico em Informática, no campus Rio Branco, e foi aprovado em primeiro lugar no curso de Sistemas de Informação, da Universidade Federal do Acre (Ufac).
Segundo ele, o ensino integrado no Ifac contribui para que pudesse alcançar seus objetivos e participar de experiências diferenciadas. “O dia a dia com os colegas de sala de aula, com os professores, a participação em projetos e demais atividades, me proporcionou amplo conhecimento”.
André Alfonso, além de ter sido membro do coral do Ifac, também conquistou medalhas e menções honrosas nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas, de Física das Escolas Públicas, de Astronomia e Astronáutica, e de Robótica. A participação nos eventos locais e nacionais é resultado do investimento que a instituição tem feito das áreas de ensino, pesquisa e extensão.
Para a mãe de André, Elisabet Rodrigues, o ensino no Instituto Federal do Acre foi muito importante para que ele obtivesse uma boa formação intelectual, como também social. “Através dos projetos, ele (André) pode desenvolver habilidades que não seriam possíveis apenas com as atividades vivenciadas em sala de aula. Agradecemos a instituição e os docentes que desenvolveram projetos acreditando no potencial de todos os alunos”.
Conforme explica a reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, por ser uma instituição que oferta mais do que o ensino básico, o Instituto Federal do Acre garante aos alunos uma educação diferenciada, além de ser pública e totalmente gratuita. “Queremos cada vez mais que nossos estudantes tenham boas experiências, que participem de atividades diferenciadas e, assim, possam ter um futuro e uma educação de qualidade”.
(Foto: Natércia Damasceno – Ascom/Ufac)
______________________________________
Coordenação de Gestão de Conteúdo (COGEC)
Diretoria Sistêmica de Comunicação – DSCOM
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC
(68) 2106-6867

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Sinjac, Acea e Sindrac se unem para regularização dos profissionais


O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Acre (Sinjac), Associação dos Cronistas Esportivos do Acre (Acea) e o Sindicato dos Radialistas do Acre (Sindrac) iniciaram o processo de regularização dos profissionais de comunicação do Estado do Acre.

O presidente do Sinjac, Victor Augusto N. de Farias, disse que esse é um procedimento de identificação de todos os profissionais, uma forma de buscar valorizar a classe e as entidades dos comunicadores acreanos.

“Desde que iniciamos os trabalhos a frente do sindicato, nós buscamos regularizar todos os profissionais, assim conseguiremos identificar quem são, onde estão e buscar melhorias para a categoria, dentro das suas atividades. Juntamente com a Acea, iremos regularizar os seus registros e com o Sindrac estaremos em conversa para caminharmos juntos. Feito isso, conseguiremos evitar desgastes com aventureiros, qualificar nossa turma e melhorias dos trabalhos”, destacou Victor.

Está marcada para a próxima semana, a entregar dos protocolos de registro dos cronistas esportivos e continuam a regularização dos jornalistas, enquanto os dois sindicatos abrem conversas de possível unificação entre as duas categorias.

“Outro ponto que destacamos, é que muitos dos colegas acabam por deixar de manter o contato com suas entidades de classe. Estamos no nosso segundo mandato e podemos considerar um avanço, pois dos mais de quinhentos profissionais com registro, já identificamos pouco mais dos duzentos, sem deixar de buscar regularizar os que já atuam há anos e por um descuido de outros dirigentes acabaram ficando de fora, e estamos nós aproximando ainda mais dos colegas do interior”, ressaltou o presidente do Sinac.

Os profissionais que se encontram com dados desatualizados, interessados em se regularizar e se sindicalizar podem entrar em contato pelos e-mails Sinjac.acre@gmail.com ou victor.ojornalista@gmail.com e no telefone (68) 99943-1053 em horário comercial. Outras informações podem ser acompanhadas pela fanpage do Sindicato dos Jornalistas do Acre ou pelo site www.sinjac.com.br.

Dicom Sinjac

Jenilson Leite vai ao MPT em defesa dos trabalhadores do Pró-Saúde


O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) , membro da Comissão de Saúde da Aleac, foi ao Ministério Público do Trabalho para buscar meios jurídicos que assegure o emprego dos trabalhadores do Pró-Saúde do Acre, por conseguinte o sustento das famílias desses profissionais. 

O deputado estava acompanhado dos colegas de parlamento Raimundo da Saúde ( Podemos) e do líder do governo Daniel Zen (PT), de advogados e da direção do sindicato dos trabalhadores de saúde do Acre. 

O Pró-Saúde foi considerado inconstitucional pela Justiça do Trabalho. Depois disso, o governo do Estado e o MPT chegaram a um acordo que o governo teria até dois anos para demitir esses trabalhadores .

Na Aleac, os deputados aprovaram um projeto de Lei que torna o Pró-Saúde em autarquia ligada a Sesacre, mas o governador Tião Viana ( PT) vetou a lei por orientação da Casa Civil. 

A partir daí começou uma nova luta, na qual o deputado Jenilson Leite que é médico está inserido desde o início. Essa batalha que o está parlamentar está à frente visa garantir com o apoio da própria Justiça do Trabalho mecanismo que permita os trabalhadores da entidade permanecer nos seus empregos. 

Após a reunião no MPT, o deputado disse por meio das redes sociais que a dedicação em favor do emprego dos trabalhadores será até o fim. Quando não houver mais possibilidade de luta. 

"Bom dia minha gente! 

PRÓ-SAÚDE: Reuniao no Ministério Público (MP )

PAUTA: Busca de entendimentos que possam assegurar o emprego de nossos servidores. 

Formamos uma frente de trabalho da ALEAC, SINTESAC, ADVOGADOS PRÓ-SAÚDE, e estamos buscando construir entendimentos jurídicos que assegure o direito ao empregos dos concursados pelo pró-saúde.
Dedicação até o final".

Por Leandro Matthaus
Blog Tarauacá Agora
Foto: Jardy Lopes

CASA PARA ALUGAR NA COHAB


Rua Manoel Vieira da Cunha, próximo a Rádio Nova Era
Contatos: 999942- 3337 / 999945-7650/99920-4543
Ester / Aparecido/Francisca

sábado, 17 de fevereiro de 2018

MORRE O SOLDADO DA BORRACHA EDSON MACHADO


Edson Machado Portela, nascido em 11/03/1915, natural do Estado do Ceará, viveu intensamente sua juventude. Foi um cearense herói, veio ao Estado do Acre para produzir borracha para os países aliados, na segunda Guerra Mundial, onde decidiu permanecer e constituir sua família.

Homem de vigor, respeito, responsabilidade e acima de tudo, honesto. Foi pai de 14 filhos que receberam dele todos os princípios necessários para a formação de seres humanos do bem.

Seu Edson Portela, faleceu nesta quinta-feira (15), na cidade de Rio Branco/AC.

Nesse momento de dor e consternação só nos cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz, e que Deus dê o conforto a sua família para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade.

Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos.

Mônica Portela


EDSON MACHADO PORTELA – 11/03/1915 – 101 ANOS DE HISTÓRIA Aos 29 anos de idade, por conta de um decreto governamental, o senhor Edson Machado Portela teve que escolher entre ir para 2ª Guerra Mundial ou vir para o Acre cortar seringa. Mesmo vindo para o Acre a possibilidade de guerrear ainda não estava descartada, pois, se necessário fosse, fariam guarnição na fronteira do Brasil com a Bolívia e o Peru. Veio para o Estado com a promessa ilusória de indenização por parte do governo norte americano, foi o soldado da borracha nº 29761. 


Meu avô e os demais soldados, embarcaram rumo ao norte do país no dia 22 de agosto de 1944, chegando ao destino final, o seringal União, localizado em Vila Seabra (atual Tarauacá), somente no dia 27 de dezembro do mesmo ano. Aqui chegando, o trabalho era desafiador: reabrir os seringais de seringa nativa e produzir o látex para abastecer os países aliados na guerra mundial. 

Durante os 04 meses que passaram em viagem, os homens recebiam treinamento de guerra e sofriam com as moléstias amazônicas. Muitos deles ficaram pelo caminho. Ao chegar nas terras acreanas, meu avô, assim como muitos outros, teve que enfrentar as intemperes da natureza, desde os fenômenos meteorológicos, até a fúria dos animais ferozes, disputar espaços com indígenas e se submeter as doenças tropicais, porque toda a assistência médica que receberam, ficou nas embarcações que os trouxe até o inferno verde. No vigor da idade, seu Edson, homem cearense, branco dos olhos claros, constituiu família, como era de se esperar, com uma nativa. Uma bela índia, filha de índios selvagens e nordestinos. 

Dessa união nasceram 14 filhos, sendo eles: Mariana, Lucila, Francisca, Eudes, Maria do Carmo, Raimundo Nonato, Herotildes, José Ribamar, Bartolomeu e Mariano. Tendo falecido Francisco das Chagas, Francisca das Chagas, Raimunda Nonata e Emanoel. A família da dona Francisca e do seu Edson, não fugiu as regras da história de imigrantes que desbravaram nosso Estado e aqui fincaram raízes. A própria dona Francisca, já era fruto da imigração nordestina, pois era filha de indígenas com um paraibano. Assim como toda família amazônica e ribeirinha, seu Edson e seus familiares passaram mais de 40 anos nos seringais acreanos. De lá retiravam todo seu sustento. 

Além das atividades com a seringa, foram exímios agricultores, sobreviveram da caça e da pesca. Mesmo com o trabalho árduo, resistiram às inúmeras doenças, às feras e não enriqueceram com o suor derramado nas estradas de seringa. Dos 10 filhos vivos, todos tiveram acesso ao sistema de ensino, mas, apenas duas cursaram nível superior e pós-graduação, uma outra tem curso técnico e, os demais sabem ler e escrever. Nossa família é imensa. Somos mais de 48 netos 50 bisnetos e 01 trineto. Meu avô nunca recebeu a indenização prometida e que foi paga aos militares que foram para guerra. 

Após completar 65 anos de idade, teve acesso a uma aposentadoria de “Soldado da borracha”. Perdeu a lucidez antes de receber a famosa indenização no valor de R$ 25 mil. Até os 98 anos, meu avô era uma lenda viva e lúcida, até o falecimento da minha avó, ele sempre respondeu por todos os atos, sempre resolveu seus problemas. 

Até hoje é um homem são. Com a idade perdeu a visão, mas esta não parecia lhe fazer falta, pois tinha perfeita audição e memória. Sua memória era invejável, como ouvia muito rádio, sabia de tudo que estava acontecendo no mundo, sabia o nome de todos os continentes com os países e as referidas capitais. Sabia as moedas de todos os países, a língua falada. É e sempre será uma pessoa admirável. Foi vitorioso em todos os sentidos. Foi exemplar como pai, foi companheiro, bom amigo, honesto e verdadeiro. Todos os seus filhos tiveram como exemplo, um pai honesto e incentivador quanto ao trabalho e a vida. 

Os filhos tiveram no pai o espelho do trabalho e da honestidade e, na mãe a doçura e proteção, além da bondade e justiça. Após o falecimento da minha avó, meu avô não foi mais a mesma pessoa. A lucidez cedeu espaço ao vazio. O que era felicidade, se transformou em um triste e longo silêncio. O que antes não me deixava falar de tantas histórias que contava, agora quando me apresento, começa a cantar. Ele que além de meu avô é meu padrinho, juntamente com a minha avó, a eterna “mãezinha”, porque todos os seus netos a chamavam assim, foram capazes semear sementes lindas em nossos corações. Até o privilégio que ele dispensava a alguns netos era especial, coisas simples como dar uma moeda para comprar pão, ou trazer um ovo azul de galinha caipira, só para agradar. Meu avô é um homem, que apesar da pouca educação, criou todos os filhos voltados para o trabalho e para religião. 

Foi temido na juventude e respeitado pela seriedade e honestidade dispensada ao próximo. Ensinou aos filhos a bondade, a seriedade, o compromisso com o outro. Criou homens e mulheres dignas e honestas. Durante sua extensa história teve a oportunidade de retornar a sua terra natal juntamente com minha avó.gem...

1001 SERVIÇOS EM TARAUACÁ

3
 Falar com o Lio 99958-8821

VENDE-SE UMA COLÔNIA LOCALIZADA NA BR 364 TARAUACÁ/CRUZEIRO DO SUL KM 93



A CASA MEDINDO 8X9M E A TERRA MEDINDO 200 X 1.000M
VALOR: 25.000,00


CONTATO
TEL: 99910-8513 OU NO ENDEREÇO: RUA BENJAMIN CONSTANT Nº 1235
FALAR COM: JOSÉ BATISTA

Vende-se um filhote de cachorro ' paulista''


Emerson
999040849.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

FELICIDADES A LIS ARAÚJO



Na primavera de cada aniversário que comemoramos, existem datas que são bem mais especiais que outras. E você hoje esta vivendo uma das mais bonitas e marcantes, os esperados e desejados 15 anos.

Que felicidade poder estar ao seu lado para ver todo o brilho que emana no seu sorriso lindo. Este é o aniversário que marcará a transição da infância para a sua adolescência, uma fase diferente e cheia de mistérios a serem desvendados, e muitas aventuras a serem vividas.

A descoberta de sua própria identidade, uma maneira diferente de enxergar a vida e o mundo. O amadurecimento tem um toque especial e cheio de encanto, e acredito que fazer 15 anos carrega em si um caráter mágico, pois é um período onde florescem as responsabilidades.

Edvandro e Sandra

Vende-se Moto Facto YBR em Tarauacá


Contato: 999971496
Anderson

TARAUACÁ: VEREADORES VISITAM POSTOS DE ATENDIMENTO, CONVERSAM COM PREFEITA E VÃO AO MINISTÉRIO PÚBLICO TENTAR EVITAR A DEVOLUÇÃO DE RECURSOS PÚBLICOS DA SAÚDE.

Na manhã desta quinta feira, 15 de janeiro, os um grupo composto pelos vereadores Carlos Tadeu, Janaína Furtado, Diógenes Leão, Antônio Araújo, Lauro benigno e Raquel Souza, fez visitas às dua unidades de saúde, reuniu-se com a Prefeita Marilete Vitorino e com o Promotor de Justiça Flávio Bussad. Na pauta, a devolução de recursos, por parte da prefeitura.
A Prefeitura Municipal de Tarauacá está fazendo a devolução de R$ 227.000,00 (duzentos e vinte e sete mil reais), provenientes de emenda parlamentar do Deputado Federal Raimundo Angelim (PT), para reforma e ampliação das Unidades Básicas João Wanderley e Francisca Cabral “Doquita”.
Na reunião com a Prefeita Marilete e sua equipe da Secretaria de Planejamento ela justificou a devolução de mais um recurso, mencionando a Portaria Nº725/2014 do Ministério da Saúde, que define o programa de Unidades Básicas de Saúde. Nela exige os ambientes com as respectivas áreas mínimas, sendo certo que das UBS mencionadas, exigirá completa mudança predial, do que seria uma simples reforma, passaria a ter características de ampliações, ou seja, o valor destinado pela emenda não comportaria as exigências legais.
A Vereadora da Rede sustentabilidade Janaina Furtado foi a propositora da ação coletiva dos parlamentares por se tratar de uma questão que a mesma considera muito grave. “A prefeita pode dar uma série de explicações técnicas, mas não convence ninguém. O fato de devolver dinheiro para os cofres do governo federal pela segunda vez em apenas um ano de mandato, em plena crise, é uma medida errada. O pior de tudo é que não chama a câmara para discutir o assunto. A gente tem que ficar correndo atras de informações aqui e ali. Um desrespeito com o poder legislativo. Nós vereadores vamos buscar todos os  meios institucionais e jurídicos para tentar resolver esta situação“, disse Janaina.
As justificativas não convenceu os parlamentares que ao saírem de seu gabinete foram até a sede do Ministério Público Estadual e conversaram com o Promotor Flávio Bussab, sobre o assunto.  Ao final, ficou encaminhado que a câmara vai reunir sua comissões para fundamentar e formular uma denúncia pedindo providências.
(Portal Tarauacá)

Novo Ensino Médio: o que mudou em um ano nas escolas brasileiras


O texto que estabelece a segmentação de disciplinas de acordo com áreas do conhecimento e a implementação gradual do ensino integral, conhecido como Novo Ensino Médio, completa um ano nesta sexta-feira (16) ainda com desafios a serem cumpridos. O principal deles é, sem dúvida, a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que sofreu com atrasos e discussões sobre pontos polêmicos em 2017.

As mudanças práticas nas escolas brasileiras ainda dependem da homologação da BNCC, ainda sem data para acontecer. Se a Base for aprovada ainda este ano, por exemplo, as escolas teriam até 2020 para se adaptar à proposta.

De toda forma, alguns avanços podem ser notados. Segundo o coordenador de Ensino Médio do Ministério da Educação, Wisley Pereira, ampliar o tempo de permanência do aluno nas escolas ainda é um dos objetivos da reforma do Ensino Médio.

“Estamos completando um ano que o nosso presidente sancionou o Novo Ensino Médio. Neste um ano, o ministério da Educação ampliou a oferta de educação em tempo integral para o Ensino Médio, com o Programa Ensino Médio em Tempo Integral, em que nós temos aproximadamente quase mil escolas participando do programa. Nossa intenção é dobrar o número de matrículas de Ensino Médio em tempo integral”, explicou Pereira.

Uma pesquisa feita pelo MEC com diretores e ex-diretores de 401 escolas que implementaram o ensino médio em tempo integral no ano passado revela que 91% deles acreditam no impacto das mudanças. Para esses 91%, houve melhora significativa nas habilidades cognitivas dos estudantes.

O professor e especialista em educação Célio Cunha vê as mudanças com bons olhos, mas alerta que somente a aplicação da Base Nacional Comum Curricular não resolverá todos os problemas enfrentados por professores e alunos do ensino médio.

“Há uma série de desafios na educação brasileira que precisam ser enfrentados conjuntamente. Não adianta você ter apenas um bom currículo se você não tiver professores, instalações, infraestrutura de escola, participação da sociedade, da família. Ou seja, é preciso que todos os fatores associados à categoria do ensino, associados à aprendizagem, caminhem juntos”, opinou.

Investimentos

No mês passado, o governo anunciou a liberação de R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. O recurso será destinado às 27 unidades da Federação ao longo deste ano. Com o programa, o governo pretende ampliar a jornada escolar de 800 para 1000 horas, obrigatoriamente.

Isso significa que os turnos vão passar das atuais quatro horas para cinco horas diárias. Depois, essa carga anual deve chegar a 1.400 horas, mas não há prazo estipulado para cumprimento dessa meta.

Para aderir ao programa, as secretarias de educação dos Estados e do Distrito Federal devem apresentar um plano de implementação ao MEC. Entre os itens que serão avaliados pela pasta, está o número mínimo de 60 matrículas em tempo integral por ano escolar e carga horária de nove horas diárias. Além das matérias obrigatórias, os alunos podem escolher disciplinas de acordo com o seu objetivo.

Dados do Censo Escolar 2017, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apontam que as matrículas no ensino integral da rede pública cresceram em todos os níveis da educação básica. Nas escolas de ensino médio, esse aumento foi de 22% e o percentual de alunos matriculados nessa modalidade também aumentou: em 2016, era 6,7%, enquanto no ano passado chegou a 8,4%.

(Agência do Rádio Mais)

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

TARAUACÁ: MORRE O POPULAR "ASSIS TORRESMO"


Faleceu na última quarta feira, 14/07, no Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul, Francisco de Assis Furtado de Araújo, o popular "Assis Terresmo". Ele Deixa 6 filhos e 3 netos. 

Seu corpo será velado em Tarauacá na sua residência localizada na Rua Manoel Vieira da Cunha, Bairro da Cohab e o sepultamento está previsto para esta quinta feira, às 17:30, no Cemitério são João Batista. 

PROGRAMA QUERO LER CONVIDA PROFESSORES ALFABETIZADORES PARA REUNIÃO ONDE SERÁ DISCUTIDA A LOTAÇÃO


CONVITE 

PROGRAMA – QUERO LER 

A Coordenação do Programa Quer Ler, núcleo de Tarauacá, convida os professores alfabetizadores classificados no Processo Seletivo Simplificado para Concessão de Bolsas, EDITAL Nº 04/2018/SEE, DE 08 DE FEVEREIRO DE 2018, para uma reunião, onde na oportunidade serão tratados assuntos referentes à lotação e ao início das atividades no Programa. 

Local: CEDUP 

Data: 16 de fevereiro de 2018. (sexta -feira) 

Horário: 9h.


Francisco das Chagas Silva de Souza
COORDENADOR



PROFESSOR ZONA IRBANA
01
ALTEMISIA SOUZA VIANA
02
ANA PAULA VIANNA DE OLIVEIRA
03
ANDREANES PESSOA OLIVEIRA
04
ANTONIO DIEMESSON DE SOUZA
05
CRISTIANA DE MOURA LIMA
06
DAIANA NUNES DE SOUZA
07
DANIEL GOMES DA SILVA
08
ELIENE RODRIGUES ALVES
09
ELIVÂNIA DE PAIVA CARVALHO
10
ERISSON ALVES OLIVEIRA
11
FRANCINEIDE AIRES DA SILVA
12
FRANCISCA DAS CHAGAS RODRIGUES DE NAZARÉ
13
FRANCISCO ANDRÉ PERES AMORIM
14
FRANCISCO DAS CHAGAS NOGUEIRA DA SILVA
15
FRANCISCO HEIDIVAN CUNHA LIMA
16
GERLIVONE DAS CHAGAS DE OLIVEIRA
17
JANETE SILVA DO VALE
18
JERUSA DA SILVA MENDES
19
JOÃO WILLIAN DO NASCIMENTO LIMA
20
JOSÉ DE JESUS MARCELINO DA SILVA
21
JOSÉ IGLEISSON FELIX DO VALLE
22
JOSIAS LOURENÇO VIANA
23
LEONARDO CARDOSO DO NASCIMENTO
24
LUCENIR ASSEM BATISTA
25
LUIZ CARLOS MENDONÇA CAVALCANTE
26
LUZILEIDE BEZERRA DA SILVA
27
MANOELA BEZERRA RODRIGUES
28
MARIA CELIANE DO NASCIMENTO SOUZA
29
MARIA DE JESUS OLIVEIRA SILVA
30
MARIA DE JESUS SANTOS LIMA
31
MARIA ELIVANE LUZ OLIVEIRA
32
MARIA FRANCILENE QUINTINO NASCIMENTO
33
MARIA GERLIANE DA SILVA LIMA
34
MARIA JOSÉ DE OLIVEIRA MOURA
35
MARIA LAURA SOUZA PESSOA
36
MARIA MARCIANA SOUSA DE SOUZA
37
MARIA NÚBIA FIRME NORUEGA
38
MARIA ROSEILDA RODRIGUES DA SILVA
39
MARIA SAMÁRIA ALBUQUERQUE OLIVEIRA
40
MARIA TAINE SOUZA MOTA
41
MARIA VANECIA RODRIGUES DA ANUNCIAÇÃO
42
MONIQUE DOS SANTOS FERNANDES
43
NILCILENE AMORIM BRASIL
44
RAILTON LUZ ALVES
45
SEBASTIANA DA SILVA
46
UARLEN DA SILVA PEREIRA















PROFESSOR RURAL
01
ADEGILSON DO NASCIMENTO SILVA
02
ALSELINA MARIA DE LIMA NASCIMENTO
03
AMARILDO MARTINS MOURA
04
ANDRESSA CRUZ DOS SANTOS
05
ANDREZA RAUANA RAMOS NASCIMENTO
06
ANTONIA CINTIA DE ARAÚJO DA SILVA
07
ANTONIA LEIDIANE BRAGA SOUZA
08
ANTONIA TATIANA DE ARAÚJO MONTEIRO
09
ANTONIO ANDERSON ROQUE SANTOS
10
ANTONIO FRANCISCO DA SILVA
11
ANTONIO MARCELO OLIVEIRA PEREIRA
12
ANTONIO ROBES BEZERRA DA COSTA DE SOUZA
13
ANTONIO RONEI RODRIGUES EMÍDIO
14
ANTONIO SILVANIO DE SOUZA PESSOA
15
ARIADNA DA SILVA LIMA
16
ARIADNA MARQUES DE SOUZA
17
BRUNO PINHEIRO CRUZ
18
CARLÂNDIA ALVES DA SILVA
19
CHAIRO VALLE DOS SANTOS
20
DAURA CASTELO BRANCO DA SILVA
21
DAVID FERREIRA DE ARAÚJO
22
DELCILENE MOURA DE SOUZA
23
EDIANE EMÍDIO BRASIL
24
ELIENE MARIA TAVARES DA SILVA MELO
25
ELIONAI DE LIMA SOUZA
26
ELIS MARTINS REGO
27
ELIVANE BENTO QUEROZ
28
ERASMO DA SILVA DO CARMO
29
EVÂNIA ARAÚJO DE MESQUITA
30
FÁBIO DE OLIVEIRA ANDRADE
31
FÁBIO SOUZA DO NASCIMENTO
32
FAGNER DA SILVA VEIGA
33
FRANCISCA ANGELINA LUZ PESSOA
34
FRANCISCA DA SILVA LUZ
35
FRANCISCA DE FÁTIMA MORAIS CRUZ
36
FRANCISCO DA SILVA OZÓRIO
37
FRANCISCO DAS CHAGAS LIMA DE OLIVEIRA
38
FRANCISCO EDIEL ASSEM BATISTA
39
FRANCISCO NASCIMENTO DE CARVALHO
40
FRANCIVALDO DANTAS ARAÚJO
41
GELAUAN DE SOUZA FERNANDES
42
GILVANIO CORDEIRO DE OLIVEIRA
43
GLEICIANE ALVES DE ALENCAR
44
IVANE DO NASCIMENTO FERREIRA
45
IVANEIDE MACHADO DE CASTRO
46
JIRLEIDA RODRIGUES DA COSTA
47
JONAS DOS SANTOS PORTELA
48
JOSÉ CÍCERO SILVA DE OLIVEIRA
49
JOSÉ COSMO DAS NEVES OLIVEIRA
50
JOSÉ DA CRUZ VIEIRA CAVALCANTE
51
JOSÉ FRANCISCO NASCIMENTO FERNANDES
52
JOSÉ OIRIS DE JESUS SOUZA
53
JOSÉ ROLDÃO VIEIRA CAVALCANTE
54
JUCICARLOS PEREIRA DE SOUZA
55
JUCIVÂNIA DE SOUZA GUIMARÃES
56
KENEDE DE OLIVEIRA AGUIAR  
57
KENNEDY LUZ FERREIRA
58
LEANDRO MOURÃO PEREIRA
59
LEANDRO PINHO FEITOSA
60
LEIDIANE MARTINS DA SILVA
61
LEONARDO BARROS FERREIRA
62
LIDIANE MENDES DO NASCIMENTO
63
LINDALVA DO NASCIMENTO COSTA
64
LUCIANO DE ARAÚJO PENICHE
65
LUIZA NASCIMENTO RODRIGUES
66
LUZIENE DAS CHAGAS DO NASCIMENTO
67
LUZILENE DE JESUS LIMA SANTOS
68
MAGNO HESALES SABÓIA PESO
69
MANOEL DE JESUS DA SILVA E SILVA
70
MARCELA JORGE DA SILVA
71
MARCENILDO DE AGUIAR BARROSO
72
MARIA APARECIDA DE AMORIM LIMA
73
MARIA CATIANA SILVA AGUIAR
74
MARIA CRISTIELIA SILVA MENEZES
75
MARIA DA GLÓRIA VASCONCELOS SILVA
76
MARIA DAS DORES SILVA LEÃO
77
MARIA DAS GRAÇAS MARTINS LIMA
78
MARIA DO LIVRAMENTODE SOUZA SILVA
79
MARIA GILCICLÉIA DO NASCIMENTO BEZERRA
80
MARIA JOSÉ DE AGUIAR BARRETO
81
MARIA LEONILDA DE MATOS MOURÃO
82
MARIA LIBERDADE LIMA DE SOUZA 
83
MARIA LIBERDADE NUNES DE SOUZA
84
MARIA LUCIA SILVA FERREIRA
85
MARIA LUCIENE SILVA DO NASCIMENTO
86
MARIA SILVANEIDE ALVES GOMES
87
MARIA SOCORRO PERES RODRIGUES
88
MARIA VANUZA DA SILVA NASCIMENTO
89
MARIANA DO CARMO BRASIL
90
NÁGELA BEZERRA DIAS
91
NASILDA BERNARDO DE LIMA *
92
NAZARÉ MARQUES FERREIRA
93
RAIMUNDA NONATA DANTAS DA ROCHA 
94
RAIMUNDO DE OLIVEIRA CAXINAWA
95
ROBERTO ANDRADE DE LIMA
96
ROBERTO CARLOS ELIAS LIMA
97
ROMILDO DOS SANTOS MACHADO
98
SAMARA BARBOSA DE MOURA
99
SAMUEL GOMES DA SILVA 
100
SAMUEL OLIVEIRA AGUIAR
101
SEBASTIANA RAIMUNDA DA CONCEIÇÃO SILVA
102
TEREZINHA RODRIGUES BATISTA
103
VALDEIR PESSOA OLIVEIRA