CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Caixa começa a pagar PIS para nascidos em março e abril


Trabalhadores que têm direito ao abono anual do Programa de Integração Social (PIS), nascidos nos meses de março e abril, começam receber o benefício a partir desta quinta-feira (11), em conta bancária. As informações são da Caixa Econômica Federal.

caixa-pis – Tem direito ao benefício do calendário atual o trabalhador cadastrado no PIS até 2010, que teve carteira assinada por empresa por, no mínimo, 30 dias no ano passado, e que recebeu, em média, até dois salários mínimos, em 2014 e que teve seus dados informados pelo empregador (pessoa jurídica) na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ainda no ano passado. O trabalhador não precisa fazer requerimento para receber o abono.

O calendário de pagamento do PIS é feito conforme o mês de aniversário dos trabalhadores. Os empregados, dentro dos requisitos exigidos, que fazem aniversário em março ou abril vão receber o benefício em conta bancária nesta quinta-feira. Já aqueles que vão sacar o benefício podem retirar o dinheiro a partir de 16 de fevereiro, apresentando o número do PIS e um documento de identificação, nas agências da Caixa, Caixa Aqui e lotéricas.

O pagamento do calendário atual iniciou em 14 de julho de 2015 e segue até março de 2016, de acordo com o mês de aniversário do beneficiário. A consulta de valores disponíveis pode ser feita no site www.caixa.gov.br/PIS, no telefone 0800-726-0207 ou na Central Alô Trabalho (do Ministério do Trabalho e Emprego) no número 158.

Deputado denuncia atraso em obra da maternidade de Feijó; grávidas têm que dar à luz em Tarauacá

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga, denunciou na sessão desta quinta-feira (11) que as obras de construção do centro educativo de Feijó ainda não foram concluídas após terem sido iniciadas há mais de cinco anos. O tucano afirmou que o Estado segue pagando alugueis do prédio onde o centro funciona provisoriamente.

O parlamentar denunciou ainda o atraso na entrega da maternidade de Feijó. A obra orçada em quase R$ 1 milhão foi iniciada em outubro de 2013, com previsão de entrega de 180 dias, mas ainda encontra-se inacabada. O tucano esteve acompanhado do presidente do PSDB no Acre, o deputado federal Wherles Rocha, onde divulgaram vídeo do local da obra.

“A maternidade já deveria está recebendo as parturientes, mas elas precisam se deslocar até Tarauacá para poder dar à luz”, disse Rocha.

Sobre a obra do centro socioeducativo da cidade, Gonzaga disse que a obra teve início em 2010, e que nos últimos dois anos o local foi completamente abandonado. O parlamentar classificou a situação como vexatória. “É mais uma obra que não foi concluída e que por conta disso o Estado continua pagando aluguel. Isso é um descaso com o dinheiro público”, criticou.

Luiz Gonzaga afirma que o governo do Acre investiu R$ 3 milhões na obra, fruto de convênios com o BNDES, e que o centro deveria ter sido entregue em 18 meses após o início da construção. “Tudo lá está abandonado. Os vigias que trabalhavam no local estão há oito meses sem receber. A Eletroacre cortou o fornecimento de energia” disse.

Segundo o parlamentar, “não pode de forma nenhuma um governo ser tão incompetente”. “Desde 2010 gastaram mais de R$ 3 milhões, mas o centro educativo ainda está funcionando em uma casa alugada em Feijó. O aluguel está atrasado há noves meses, e o proprietário do imóvel disse que não vai mais renovar o contrato. Quem vai pagar a conta é o povo acreano de uma obra que está abandonada e se acabando. Portanto, eu estou apresentando uma indicação para que o governo conclua a obra e coloque em funcionamento”, destacou o líder do PSDB.

GINA MENEZES, DA CONTILNET

TARAUACÁ: PREFEITURA EMPOSSA MAIS 57 CONCURSADOS

Posse dos novos concursados (foto: Assecom)
Mais 57 concursados tomaram posse e passam a integrar o quadro de pessoal permanente da prefeitura de Tarauacá. O ato de posse aconteceu na manhã desta quinta feira, 11 de fevereiro, no Teatro José Potyguara. São mais 15 professores e 42 servidores do quadro administrativo. Com essa medida a administração municipal completa o total de 174 servidores contratados. 

O concurso foi realizado ainda no mês de abril de 2014, com previsão de 67 vagas e hoje já são 174, mais que o dobro. O último concurso municipal havia sido realizada há cerca de 12 anos, ainda no governo Jasone Silva.

O Ato de posse contou com a presença do Prefeito Rodrigo Damasceno, o Vice chagas Batista, Secretário Municipal de Educação Carlos Gomes, Presidente do Sinteac Eurico Paz, vereadores e familiares dos concursados. 

"Nada na vida que vale realmente a pena se conquista fácil. Desde de um amor, um sonho, um concurso ou uma competição. Tudo o que vale a pena se conquista com tempo, paciência, fé e força de vontade, e quando se conquista dura muito tempo. E o que vem fácil na vida? Tudo que vem fácil se vai fácil. Não se contente apenas com as estrelas quando você pode conquistar o céu inteiroParabéns aos novos Servidores Municipais! Sejam Bem Vindos", disse o Prefeito Rodrigo Damasceno.

Jorge Viana cumpre agenda com dirigentes partidários da Frente Popular

O senador Jorge Viana iniciou nesta quinta-feira (11) uma série de encontros com dirigentes partidários da Frente Popular do Acre, tanto na capital como nos demais municípios. Pela manhã, recebeu para um café da manhã, em sua residência, lideranças do PCdoB, e, no almoço, conversou com dirigentes do PDT.

O PCdoB é um dos partidos que compõe a Frente Popular do Acre desde a sua fundação. Na primeira reunião com o Vice-presidente do Senado, estiveram presentes além do presidente do diretório estadual do partido, Miguel Félix, outras importantes lideranças como o diretor do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (DEPASA), Edvaldo Magalhães, o presidente do diretório municipal do partido, o ex-deputado Eduardo Farias, o deputado Jenilson Lopes e o vice-prefeito de Rio Branco, Márcio Batista.

Outro partido que compõe as bases da FPA desde a sua criação é o PDT. O presidente da sigla no Acre, Luiz Tchê, o presidente da Executiva Municipal do partido, Chicão Brígido, e o secretário de Habitação do governo do Acre, Jamyl Asfury, estiveram reunidos com Jorge Viana no início da tarde.

Eu penso que esse é o momento de você fortalecer a boa convivência, deixar demonstrar o compromisso e a lealdade recíproca”, declarou Chicão Brígido. “Eu acho extremamente importante e louvável a iniciativa do senador de estar buscando esse diálogo. Ele é um grande articulador político e cumpre um papel importante”, afirmou Tchê.

Depois dos encontros em Rio Branco, Jorge Viana partiu para visitas aos municípios do Alto Acre – Assis Brasil, Epitaciolândia, Brasiléia e Xapuri; e no sábado cumpre agenda em Sena Madureira, onde também pretende cumprir uma série de encontros com dirigentes partidários, vereadores e lideranças políticas desses municípios.

Na viagem, estará acompanhado do Deputado Federal e coordenador da bancada federal do Acre, Raimundo Angelim. “Na política sempre é importante conversar. Esses nossos encontros nos municípios é mais para escutar e juntos buscarmos as melhores ideias e melhores propostas para o fortalecimento da Frente Popular e do estado. Com a atual crise política e econômica, que vive o país, um dos maiores desafios é ser gestor municipal que requer não só densidade eleitoral, mas principalmente capacidade de governar", declarou o deputado.

Na próxima segunda-feira, Jorge Viana manterá um encontro com dirigentes do Partido dos Trabalhadores e diz que irá procurar o governador Tião Viana para compartilhar o resultado dos diálogos mantidos com as lideranças dos municípios.

Precisamos ter tempo para ouvir os dirigentes. É o que eu estou tentando fazer. O momento que estamos vivendo é difícil, passamos por uma crise política e econômica e o melhor para enfrentar e superar tudo isso é a união”, declarou Viana. 


Karen Araújo
9948-9750
Visite nosso site: www.jorgeviana.com.br

TARAUACÁ: FORÇAS DE SEGURANÇA GARANTEM CARNAVAL TRANQUILO NO MUNICÍPIO

Prefeito Rodrigo cumprimenta policiais
As forças de segurança do município atuaram intensivamente nos quatro dias de carnaval em Tarauacá, especialmente, durante a festa realizada no Calçadão da Avenida Coronel Juvêncio de Menezes. A folia na avenida começava as 22 horas e se encerrava as 3 da manhã, exceto na última noite que se estendeu até as 5 horas da quarta feira de cinzas. Polícia Militar e Polícia Civil garantiram a defesa da população e da ordem pública, intervindo na hora que foi necessário.  

Delegado Obetânio e a Polícia Civil
SÁBADO - na primeira noite 5 pessoas foram presas e conduzidas para a delegacia, em apenas 3 ocorrências registradas, sendo 1 porte de arma branca, 1 briga (vias de fato) e 1 lesão corporal.

DOMINGO - Na segunda noite, 9 ocorrências, com 5 vias de fato, uma agressão física e 3 embriaguez alcoólica, somando 16 pessoas presas.

Conselheiros tutelares presentes no evento
SEGUNDA - Registradas 5 ocorrências e 16 pessoas presas, sendo 1 desacato, 1 porte de arma branca e 3 vias de fato.

TERÇA - Na última e mais movimentada noite do carnaval, estima-se que compareceram cerca de 7 mil pessoas. Foram 35 pessoas presas em 12 ocorrências registradas. 01 porte de arma branca, 04 vias de fato, 03 embriaguez alcoólica, 02 desordens, 01 desacato e 1 dano ao patrimônio.

Comandante Major Ruiz e a Polícia Militar
O balanço final aponta para um total de 73 pessoas presas durante os 4 dias de festa, sendo 59 homens e 14 mulheres, mas, nenhuma ocorrência grave. 

Para o Comandante da PM Major Ruiz e o Delegado de Polícia Civil, José Obetânio, o carnaval em Tarauacá foi considerado tranquilo no aspecto segurança e não foram registrada ocorrências consideradas graves. 

Corpo de Bombeiros
Lembrando que além das polícias militar e civil, tivemos o reforço das equipes de seguranças particulares, Conselho Tutelar, Agentes de Proteção e Corpo de Bombeiros. Atribui-se também à questão da segurança, o isolamento do local da festa pela prefeitura, com controle de entrada e saída dos foliões, com exigência de documentação e correção em busca de armas, nos indivíduos de atitude suspeitas. 

Edgar do Som e Prefeito Rodrigo
A festa, animada por músicos locais, foi organizada pela iniciativa privada através do empresário Edgar do Som, com ajuda da prefeitura e outros parceiros. 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

TARAUACÁ: Acontece hoje a Missa de 7º Dia de falecimento de Raimundo Nonato Maia


TARAUACÁ: PREFEITURA EMPOSSA NOVOS CONCURSADOS NA MANHÃ DE HOJE


Há cerca de um ano tivemos uma importante reunião numa das salas da Escola José Augusto de Araújo. Era o dia 03 de março de 2015 e o ano letivo estava começando. Ali começava uma das principais e grande lutas pela contratação dos concursados do cadastro de reservas.

Uma parceria entre Vereadora Janaina Furtado, Sinteac e concursados que ficaram classificados nos cadastro de reserva do concurso público realizado pela prefeitura em maio de 2014, começava a batalha pela contratação. Pouca gente acreditava que pudesse ser chamados. Mas, havia sempre uma esperança expressada nos olhos das pessoas.

O presidente do Sinteac Professor Eurico Paz esteve presente e o sindicato entrou também na luta. O Secretário de administração Dilvo Bareta que foi grande parceiro nessa luta. O prefeito Rodrigo Damasceno nunca se negou de debater o assunto. Foi participar da reunião e disse: "Já convocamos os primeiros classificados e vamos lutar para criarmos as condições de podermos chamar vocês" dizia ele na época.


Hoje 11 de fevereiro de 2016, o prefeito vai dar posse ao cadastro de reservas do quadro administrativo e mais 15 professores. Uma vitória da persistência, da tolerância e do diálogo. 

Por indicação da Vereadora Janaina, o prefeito deve prorrogar por mais 2 anos, o prazo de vigência do concurso público da prefeitura. A vereadora justifica a prorrogação alegando que vão surgir novas vagas nas escolas da rede municipal e não haverá necessidade de gastos com a realização d eum novo concurso.

Com informações do 
Blog da Vereadora Janaina Furtado

Sinteac diz que ano letivo não deve iniciar

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação entende que a proposta encaminhada pelo governo neste feriadão não deve evitar uma possível greve geral. A categoria está convocada para conhecer os percentuais de reajuste propostos pela equipe econômica do governador Sebastião Viana, em assembléia geral extraordinária confirmada para às 16 horas desta sexta-feira, no Hall da Assembléia Legislativa, Centro de Rio Branco.Se a proposta for rejeitada, o ano letivo não será iniciado na segunda-feira (15), segundo previsões da SEE.

A Secretaria de Educação sugere um reajuste de 11.48% divididos em três parcelas iguais, sendo a primeira em janeiro de 2017, a segunda em agosto de 2017 e a última em março de 2018. Professores e funcionários de escola pediam um aumento real de 25%.

A professora Rosana Nascimento, presidente do Sinteac, adiantou que “a proposta é vergonhosa por não reconhecer a luta dos servidores administrativos, há sete anos sobrevivendo com um piso de R$ 672,00 – portanto, abaixo do salário mínimo. Os núcleos do Sinteac no interior farão assembléias paralelas, também na sextam, no mesmo horário. O sindicato orienta que se façam listas de presença e elaborem atas com as deliberações.

O comando de greve dará uma versão oficial sobre o assunto nesta quinta-feira, ás vésperas da assembléia dos trabalhadores. “Esperamos avançar nessas 24 horas. Seja qual for a postura do governo, levaremos para a avaliação dos trabalhadores. Se for deliberada a greve na Educação, que assim seja. os trabalhadores flexibilizaram o máximo que podiam”, afirmou Rosana Nascimento.

Do AC24Horas

Proposta do governo do Acre aos professores “é vergonhosa” e greve está a caminho, diz Sinteac

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteac) entende que a proposta encaminhada pelo governo do Acre neste feriadão de Carnaval não deve evitar uma possível greve geral. A categoria está convocada para conhecer os percentuais de reajuste propostos pela equipe econômica do governador Tião Viana (PT), em assembleia geral extraordinária confirmada para às 16 horas desta sexta-feira (12), no Hall da Assembléia Legislativa, Centro de Rio Branco.

Se a proposta for rejeitada, o ano letivo não será iniciado na segunda-feira (15), segundo previsões da SEE.

A Secretaria de Educação sugere um reajuste de 11,48% divididos em três parcelas iguais, sendo a primeira em janeiro de 2017, a segunda em agosto de 2017 e a última em março de 2018. Professores e funcionários de escola pediam um aumento real de 25%.

A professora Rosana Nascimento, presidente do Sinteac, adiantou que “a proposta é vergonhosa por não reconhecer a luta dos servidores administrativos, que estão há sete anos sobrevivendo com um piso de R$ 672,00, portanto, abaixo do salário mínimo”.

Os núcleos do Sinteac no interior farão assembleias paralelas, também na sexta, no mesmo horário. O sindicato orienta que se façam listas de presença e elaborem atas com as deliberações.

O comando de greve dará uma versão oficial sobre o assunto nesta quinta-feira (11), às vésperas da assembleia dos trabalhadores.

“Esperamos avançar nessas 24 horas. Seja qual for a postura do governo, levaremos para a avaliação dos trabalhadores. Se for deliberada a greve na Educação, que assim seja. os trabalhadores flexibilizaram o máximo que podiam”, afirmou Rosana Nascimento.

Com informações da assessoria do Sinteac

Quatro pessoas estavam em avião que caiu em Manuel Urbano, informa dono da aeronave; “Nunca mais ando de avião”, disse criança que saiu ilesa do acidente

Quatros pessoas estavam no avião bimotor (Seneca) que caiu por volta das 15h desta quarta-feira, 10, logo após decolar da pista do aeródromo de Manuel Urbano, cidade no interior do Acre, informou o proprietário da aeronave Mário Jorge Matos. Não houve vítima fatal. Estavam no bimotor, além do piloto Maycon de Souza, filho do dono da aeronave, uma mulher por nome de Luana e duas crianças, uma de oito anos de idade e um bebê, que era levado pela mulher. O voo seguiria para Santa Rosa do Purus.

“Eu tava na pista e vi como aconteceu. A criança de oito anos saiu ilesa porque ela tava sentadinha bem no meio. Ela saiu andando do avião dizendo pra mim que nunca mais ia andar de avião. A criancinha de colo não sofreu nada, nada. Já disseram que era oito pessoas, mas não era”, conta Mário Jorge.

As duas crianças sofreram apenas com o susto da queda. A mulher teve uma alteração na pressão e foi encaminhada ao hospital de Sena Madureira a mando da médica que a atendeu na unidade de saúde de Manuel Urbano. Já o piloto sofreu um corte na cabeça e precisou ser trazido para Rio Branco numa ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência. Houve demora no transporte para a capital porque a viatura acionada para atender o piloto saiu da cidade do Bujari, a mais de 200 km de Manuel Urbano. Segundo o pai da vítima não há ambulâncias do Samu em Sena e Manuel Urbano.

“A situação mais grave foi mesmo com meu filho, o piloto. Foi um corte na testa que desceu o couro todo da testa, mas eu fui lá e eu mesmo tirei ele do avião e o trouxe pro hospital aqui de Manuel Urbano.”

Uma pane teria ocasionado a queda. “A gente checou o avião tudo bacaninha. Tá tudo bacana. Aí ele fez a carreira e subiu. Quando ele subiu esquentou o motor e falhou. Falhou, falhou, não deu potência no avião e ele tentou retornar pra voltar, mas como avião tava muito baixo o motor não segurou. Deus quem botou a mão. Foi Deus”, diz.

Maycon dos Santos é habilitado há seis anos para pilotar aeronaves de pequeno porte. O avião havia passado por uma revisão há pouco tempo, segundo Mário Jorge. As causas reais do acidente serão investigadas.

Luciano Tavares, da redação ac24horas

NIVER DA PRINCESA JANAINA ACIOLY


Quando faltam palavras para descrever um sentimento bom é porque sobra amor. 

Minha querida filha Janainna é o grande amor da minha vida e hoje está aniversariando. 

A cada ano que se passa eu e ela aprendemos a nos tornar mais adultos. 

O amor que nos une é indescritível porque corre no sangue que alimenta nosso corpo, impulsionado pelo nosso coração. 

Feliz aniversário filha

TARAUACÁ: Agência 007 de investigações e inteligência


A região Norte do Brasil agora conta com serviço de investigações particular profissional. Agencia 007Investigações e inteligência é uma empresa especializada em investigações com provas reais e sigilo absoluto. Seu fundador Sousa foi formado em São Paulo e conta com uma grande experiência em diversos tipos de investigações.

A empresa atualmente atua nos estados Acre, Rondônia, Amazonas, Pará e Roraima, através do seu site (www.agencia007.com.br) os clientes podem entrar em contato diretamente com os Detetives que estão disponíveis 24 horas.

Agência 007 – investigações e inteligência, inscrita no CNPJ N 03518890/0001-16 é uma empresa de investigações particulares. Seu fundador Souza Detetive Particular da Amazônia, estudou e fez treinamento em São Paulo, Souza conta com uma vasta experiência em diversos tipos de investigações e está pronto para fazer qualquer investigação, atualmente a Agência 007, atende nos seguintes estados: Acre, Rondônia, Amazônias, Belém, Amapá e Roraima.

Entre os vários tipos de investigações oferecidos estão Investigação de infidelidade conjugal, assessoria para políticos e autoridades, Investigação e recuperação de veículos furtados e roubados e assessorias para advogados.

Para o detetive Sousa é uma grande satisfação ver seus clientes satisfeitos “Oferecemos um serviço de qualidade por valores acessíveis, fico satisfeito em ver nossos clientes felizes, o serviço de investigação muitas vezes evitas coisas terríveis como separação e até assassinato.” Ressalta.

SERVIÇOS: 

nvestigação trabalhistas, Investigação familiar filhos, Investigação de adolescentes, monitoramento de babas e enfermeiras, filhos usando droga. Investigação de infidelidade conjugal, Caso pré-nupcial, Empresarial e Industrial, GLS, Análise de Comportamento, Assessoria de Processo Decisório, Monitoramento de Pessoas ou Grupos, Assessoria para políticos e Autoridades, Antecipação de Informações, Previsão de Crises, Infiltrações em manifestações e Protestos. Investigações de pensão e paternidade.

Investigação e recuperação de veículos furtados e roubados.

Assessorias para advogados.

Especialista em investigações política e contra a espionagem politica. Vigilância e Segurança de longa Distancia. Monitoramento de Serviço Secreto Com Acompanhamento do Segurado de todos os Segmentos, Complementação do Trabalho Com Busca e Tecnologia de Ultima Geração.

Assessoria para Governador, Senador, Dep. Federal e Estadual, Prefeito e Vereadores.

Para saber mais acesse: www.agencia007.com.br

TARAUACÁ: CARNAVAL POPULAR ENCANTA FOLIÕES E MAIS DE SETE MIL PESSOAS PRESTIGIAM A ÚLTIMA NOITE DE FOLIA

4ª noite de festa
A última noite de folia na cidade foi marcada pela grande presença popular, todos com a animação de quem não queria encerrar a festa. O carnaval popular de Tarauacá é tradicional e sempre arrasta multidão para a Avenida do Axé e do samba. Este ano não foi diferente, milhares de pessoas foram conferir o carnaval dos velhos tempos. 

Público compareceu e se divertiu
O carnaval foi realizado pela a iniciativa privada, em parceria com a Prefeitura de Tarauacá e o envolvimento de diversos órgãos da administração Tarauacaense, como as secretarias municipais de Saúde, Assistência Social, Educação, Obras, Turismo, Cultura e Esporte, Assessoria de Comunicação, além da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Empresa Privada de Segurança. Cerca de sete mil pessoas aproveitaram a última noite do Carnaval 2016, com calor e folia, que teve inicio às 21h, se estendendo até as 5h da madrugada, com um tema muito especial “A Tradição Continua”. Durante os quatro dias de folia, os tarauacaenses e visitantes puderam conferir os shows das bandas locais, da escolha da rainha do Carnaval 2016, Mariana Borges, além da rainha Gay que foi consagrada com a exuberante “Stephane Clóvis”. O carnaval Tarauacaense foi marcado pela tranquilidade, durante os quatro dias de festa. Os vendedores nas suas barracas também lucraram com a festa de momo, com a venda de bebidas e comidas típicas da região. 

prefeito Rodrigo Damasceno
O prefeito Rodrigo Damasceno, que prestigiou todas as quatro noite de folia, disse estar feliz por ver o Carnaval tradicional se firmando em Tarauacá. 

Prestigiei todas as quatro noite e vi de perto a organização, o empenho de todos os envolvidos e estou muito feliz com o resultado alcançado. Agradeço a todos que contribuíram para o sucesso dessa festa em Tarauacá, onde o nosso público superou as expectativas em todas as noites. O carnaval também movimentou o comércio, principalmente no setor dos pequenos empreendimentos, como a venda de comidas e bebidas”, diz . Graças a Deus tudo transcorreu na mais perfeita tranqüilidade. As vendas no comércio aumentaram, pequenos empreendedores tiveram mais uma oportunidade de trabalho e renda e a folia foi sinônimo de paz e alegria. Nossa população brincou de forma sadia e consciente”, finaliza o prefeito.

secretário de cultura, esporte e turismo, João Maciel
O secretário de cultura, esporte e turismo, João Maciel faz uma avaliação positiva porque tudo transcorreu conforme programado como também agradeceu o empresário Edgar, que uniram esforços para que junto com a Prefeitura fosse possível realizar o carnaval popular deste ano. "Para quem participou da festa aproveitou as variações de estilos musicais: desde as tradicionais marchinhas de carnaval a música eletrônica", concluiu.

Confira as fotos da última noite AQUI:

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

HOJE É O NIVER DA FRANCELINA MARTINS


TARAUACÁ: COMEÇA A QUARESMA


Hoje é Quarta-feira de Cinzas e começa a Quaresma, tempo de penitência e preparação do espírito para a Festa da Páscoa. 

A Penitência durante a Quaresma é um costume antigo entre os cristãos. Alguns se abstêm da carne, outros de algum tipo de alimento, ou bebidas. A penitência material não é regra, mas vale, desde que seja feita com sinceridade e reflexão.

Segundo o Missionário Redentorista Pe. Antônio Luís Pedrotti, a única penitência que a Igreja pede ao cristão é a Quarta-feira de Cinzas e a Sexta-feira Santa. “É jejum e abstinência de carne nestes dois dias. O jejum não é rigoroso como antigamente, é a metade do que costuma comer durante o dia”, afirmou.

O Sacramento da Confissão é de grande importância, já que ao reconhecer nossas próprias falhas, ficamos mais próximos do Pai. O tempo da Quaresma, uma época de reflexão, pode ser ainda mais propício ao, também chamado, Sacramento da Reconciliação.

“O mais importante mesmo é o arrependimento dos pecados, reconhecer os erros, mudar o procedimento. A penitência pode ser feita espontaneamente. Na condição, o padre pede para rezar alguma coisa em agradecimento pelo perdão recebido. Não é bem penitência, é uma oração”, concluiu padre Antônio Luís.

Qual é o significado da Quaresma?

A quaresma vem do latim "quadragésima" e é "o quadragésimo dia antes da páscoa". É um período de tempo litúrgico que começa na quarta-feira de cinzas e finaliza no Domingo de Ramos. São 40 dias de preparação para a grande festa da Páscoa. É o tempo para nos arrependermos dos nossos pecados e de mudar algo em nós mesmos para sermos melhores e poder viver mais perto de Cristo.

TARAUACÁ: TERCEIRA NOITE DE CARNAVAL


VEJA AQUI

TARAUACÁ:PREFEITURA EMITE NOTA PELO O FALECIMENTO DE MARIA CÉLIA ALVES DE OLIVEIRA


O Prefeito de Tarauacá, Rodrigo Damasceno e o vice Chagas Batista emitiram na manhã desta terça-feira (09) nota de pesar pelo falecimento da Maria Célia Alves de Oliveira, 42 anos, ocorrido na última segunda-feira, 08, em Rio Branco, por volta das 19 horas. 

“Em nome do Município de Tarauacá venho manifestar nosso mais profundo pesar pelo falecimento da dona de casa, Maria Célia Alves de Oliveira, esta que sempre desempenhou o papel de líder da família, além de ter sido uma guerreira, lutando contra o Câncer”.

Receba a família enlutada as mais sinceras condolências do povo de Tarauacá, votos de que Deus, em sua infinita bondade, possa confortar seus corações e encontre um lugar de conforto e luz para o acolhimento da alma da amiga Maria Célia.

Rodrigo Damasceno Catão 
Prefeito de Tarauacá 

Francisco das Chagas Batista Lopes
Vice-prefeito

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

NOTA DE FALECIMENTO


Este é sem sombra de dúvidas, o pior momento para mim.

Me utilizo deste meio de comunicação  para expressar um pouco de minha dor e informar que nos deixou hoje (9), o um homem honrado, trabalhador e ético.

Exemplo que tento seguir. Velho Rubem, como colocava nas minhas postagens com ele. Teve junto com minha mãe 18 filhos, 7 morreram ainda pequenos e agora somos 10, a um ano  perdemos nossa irmã Lelé e hoje infelizmente nosso herói se foi.

Desde já agradeço as pessoas que postaram mensagens de apoio, de conforto nesse momento triste de minha vida. Sempre tentei fazer o melhor para meu pai. Agora é seguir os ensinamentos deixados e honra-lo sempre. 

O velório está sendo realizado em sua residência, na Rua João de Paiva, bairro da Praia. 

O sepultamento está previsto para esta quarta feira (10), as 16:00 horas;

Valdir Nery Piauhy

TARAUACÁ: POSSE DOS GESTORES DA REDE ESTADUAL DEVE ACONTECER NA PRIMEIRA SEMANA DE MARÇO

A posse dos gestores eleitos das Escolas da Rede Estadual de Ensino em Tarauacá, devem ser empossado na primeira semana do mês de março de 2016. A informação é da de Coordenadora de Educação da Regional Tarauacá, Feijó e Jordão, Professora Francisca Aragão.

As comunidades das escolas da Rede Estadual de Ensino de Tarauacá, elegeram através do voto, no último dia 22 de dezembro de 2015, os novos gestores escolares para os próximos 4 anos. Os profissionais foram eleitos de acordo com a Lei 1.513/2013, a Lei de Gestão Democrática e cumpriram uma série de ritos, entre eles a certificação pelo Instituto Dom Moacyr, o curso preparatório, exames presenciais e a elaboração de projetos. Por último, foram submetidos à vontade popular, nas eleições.

Em 5 escolas houve disputa:: Rosaura Mourão, Tupanir Gaudêncio, Delzuite, João Ribeiro e Djalma Batista. Nilson Gomes (P. de Castro), Eliene Calixto (F. Napoleão) e Francélia Luz (E. Pindo) foram confirmados no cargo com eleição em chapa única e aprovação da maioria dos eleitores. Ilca Frota (João Ribeiro) e Cíntia Veras (R. Mourão) as duas únicas candidatas à reeleição, foram reeleitas.

Ivonaldo Benigno (Djalma Batista), Dalva Pontes (Delzuite Barroso), Nilson Gomes (Plácido de Castro), Francélia Luz (Edmundo Pinto), Ellen Calixto (Francisco Napoleão) e Luzia Abreu ) Tupanir Gaudêncio), venceram as disputas em suas escolas.

Excepcionalmente, no Instituto São José, administrado e mantido pela Igreja Católica em convênio com o Governo do Estado, não há eleição. A professora Desterro Prado, que passou pelo processo de formação e certificação dos gestores estaduais, acaba de ser indicada para a direção da escola e pela primeira vez a escola não será administrada por uma freira. 

Resultado da disputa nas escolas.

Gestores Eleitos

Escola Delzuite Barroso 
Dalva- 52,03% 
Adriana – 47,97% 
Dalva da Silva Pontes, 47 anos, pedagoga, há 23 anos na educação, moradora do Bairro do Ipepaconha.

Escola Tupanir Gaudêncio 
Luzia Abreu – 66,82% 
Terezinha Quirino – 33,18 % 
Maria Luzia Abreu de Souza, 47 anos, casada, pedagoga, moradora do Bairro Avelino Leal.Maria Luzia Abreu de Souza, 47 anos, casada, pedagoga, moradora do Bairro Avelino Leal.

Escola Rosaura Mourão 
Cíntia Veras – 52,5% 
Evaristo – 47,5% 
Cíntia Veras Bayma, 39 anos, solteira, Licenciada em História, moradoras da rua Sansão gomes, Centro de Tarauacá

Escola Djalma Batista 
Ivonaldo – 66,39% 
Moço – 33,61% 
José Ivonaldo Benigno Gomes, 38 anos, solteiro, licenciado em Matemática, morador do Bairro Avelino Leal, 


Escola Plácido de Castro 
Valdernilson – 95,2% 
Valdernilson de Lima Gomes, 33 anos, casado, licenciado em matemática, morador do Bairro da Cohab.

Escola Ed. Pinto 
Francélia – 73,0% 
Francélia Maria da Luz Madeiro, 45 anos, casada, pedagoga,moradora da rua Sansão Gomes, centro.

Escola João Ribeiro 
Ilka Frota – 87,20 
Alberlândia – 12,34 
Raimunda Ilca Frota de Azevedo, 38 anos, casada, pedagoga, moradora do Bairro Cohab.

Escola Francisco Napoleão (comunidade do Gregório)
Eliene Nunes Calixto foi eleita em chapa única.

Fonte: Blog do Nucleo de Educação de Tarauacá

TARAUACÁ: SEGUNDA NOITE DE FOLIA


Veja tudo AQUI

TARAUACÁ: POSSE DE NOVOS CONCURSADOS DA PREFEITURA NESTA QUINTA


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

INSS divulga retificação para concurso com vagas para o Acre



Mais uma retificação foi publicada em relação ao concurso público do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). A informação é do site “PCI Concursos”.

De acordo com a publicação, desta vez o documento trata de dois itens relacionados ao tópico de descrição das atividades. As alterações foram feitas e publicadas no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (5). O certame vai preencher 950 vagas entre os cargos de analista do seguro social, com formação em serviço social (150) e técnico do seguro social (800), que exige nível médio.

Além do Acre, há oportunidades distribuídas em mais de 600 municípios, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Paraná, Bahia, Paraíba, Ceará, Pernambuco, Sergipe, Maranhão, Alagoas, Piauí, Goiás, Roraima, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Amapá, Amazonas, Pará, Tocantins, Rondônia e Distrito Federal.

Contilnet

Estudantes conquistam direito de usar nome social na Ufac


A Universidade Federal do Acre (Ufac) acaba de dar um importante passo para inclusão de gênero e orientação sexual no ambiente acadêmico. A partir de agora, estudantes travestis, transexuais e transgêneros da instituição terão o direito de serem reconhecidos pelo nome que escolheram com base em suas identidades de gênero, e não apenas pelos nomes no registro civil, como acontecia antes. A medida foi aprovada pelo Conselho Universitário (Consu) na última terça-feira, 2, e é válida para toda documentação interna da universidade.

“A garantia do direito ao uso do nome social é um grande avanço para humanização e acolhimento desses estudantes que ainda são vítimas de muito preconceito. É uma questão de inclusão e respeito à identidade de cada um”, avalia o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Antonio Pontes Junior. Em sua decisão, o Consu considerou a garantia à cidadania, à dignidade da pessoa humana e à igualdade de condições de acesso e permanência no ensino, direitos afirmados pela Constituição Federal.

O estudante de 22 anos, Joey Sampaio, é um dos universitários que vai requerer o direito de utilização do nome social. Respeitado pelo benefício da livre escolha do nome em casa e entre os amigos, o transexual embaraçava-se na sala de aula a cada novo professor. “Sou conhecido e chamado socialmente por Joey há dois anos, mas há situações vexatórias. A cada começo de semestre, eu já sabia o que ia acontecer. O professor ia chamar o meu nome civil na hora da chamada e ia se espantar quando eu me manifestasse, simplesmente porque aquele nome não representa a pessoa que eu sou”, afirma o discente.

Calouro neste ano no curso de Ciências Sociais, Joey espera escrever uma nova história e comemora a decisão tomada pela Ufac. “O preconceito contra as pessoas trans é muito grande. A alteração jurídica do nome é muito mais difícil e demorada pra gente que para um cis [quando o gênero e a identidade de gênero são os mesmos]. Acredito que minha vida acadêmica será muito menos constrangida agora. Continuarei utilizando meu nome civil apenas em situações extremamente burocráticas e terei respeitado o direito de outras pessoas não conhecerem este nome”, completa.

Para solicitar a inclusão do nome social em seu cadastro, o estudante deve procurar o Núcleo de Registro e Controle Acadêmico (Nurca) e preencher um formulário específico. A alteração tem prazo máximo de 30 dias para ser efetuada. Discentes menores de 18 anos também poderão requerer o direito, independente de autorização do responsável, em conformidade com a nota técnica sobre uso do nome social em escolas e universidades, emitida pela Comissão Especial de Diversidade Sexual do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “A universidade está aberta ao debate e mantém as portas abertas para atender à pluralidade, assegurando o respeito a todo tipo de diversidade”, diz Pontes Junior.

A resolução implica a exibição do nome social em cadastro de dados e informações de uso social, comunicações internas, diários de classe, formulários, listas de presença, avaliações e divulgações de notas. Solenidades de colação de grau, entrega de certificados e premiações também utilizarão o nome social, sem referência oral ao nome civil. Históricos, certificados, certidões e diplomas de conclusão de cursos, entretanto, mantém a emissão com o nome civil. “Nesse casos, a alteração deve ser efetivada quando ocorrer mudança judicial do nome”, frisa o pró-reitor.

Ac24horas

sábado, 6 de fevereiro de 2016

NOTA DE FALECIMENTO


Com pesar que anunciamos a morte do Senhor Ailton Martins, 71 anos, natural de Minas Gerais, casado com a Professora Maria Ivanildes de Araújo , pai de cinco filho, Marcos, Marcleida, Marcelo, Marcia e Magna.

Ailton faleceu neste sábado, 06 de fevereiro, em Rio Branco, por volta das 16 horas. 

O corpo será velado na Igreja do Sétimo Dia. O Sepultamento está previsto para ser realizado neste domingo, as 17 horas no cemitério São João Batista.

Precisamos ‘desacreanizar’ a história do Acre, ela sofre de megalomania, diz pesquisador da Ufac

Eduardo é formado em economia e é professor de história na Universidade Federal do Acre (UFAC)/Foto: Arquivo Pessoal
Quando o espanhol Luiz Gálvez de Arias, em 1899, proclamou o Estado Independente do Acre, mal sabia ele que o seu grande feito serviria para fomentar a identidade de um povo e a grandeza de um Estado. Afinal, tornou-se comum ouvirmos que o Acre é o único Estado por opção e que o acreano (ou acriano) foi o único a lutar para ser brasileiro.

Quando os nossos “heróis” resolveram fazer do Acre uma região independente, sabiam da importância geopolítica dele para a economia mundial. A biodiversidade daquele território era muito rica, suas terras eram produtivas, e nelas existiam pessoas dadas ao trabalho.

Em 17 de novembro de 1903, o Brasil firmava com a Bolívia o Tratado de Petrópolis, nacionalizando, com isso, cerca de 191.000 Km². O Acre foi incorporado ao Brasil e, na situação de “filho mais novo”, coube à pátria amada, como uma espécie de “mãe gentil”, administrá-lo diretamente, rebaixando-o perante os outros Estados, à condição de Território Federal. Isso gerou muitas divisas para os cofres da União, pois estes eram o destino de todos os impostos recolhidos naquela região sobre a exportação da borracha. A renda gerada não foi pouca, pois a borracha era o segundo produto em exportação no Brasil na década de 1910, perdendo apenas para o café.

E se a cultura cafeeira gerou a sua aristocracia, os “borracheiros” também formaram a deles. O que não faltam são livros para relatar a luxúria de seringalistas que acendiam charutos com notas de 100 contos de réis nos cabarés de Manaus e de Belém.

Apesar da crise que a economia gomífera amazônica enfrentou a partir da segunda metade da década de 1910, por causa do descaso do governo federal e, principalmente, da concorrência asiática, cuja produção superou a do Brasil em 1913, o extrativismo ainda se conservou como a principal atividade econômica na região.

Na primeira metade dos anos 1940, com a invasão da Malásia pelos japoneses (1942) no auge da Segunda Guerra Mundial, o Acre novamente se tornaria viável, cumprindo, embora por brevíssimo tempo, o destino no qual Gálvez e Plácido de Castro já haviam preconizado.

Mas se a história não se repete, a não ser como farsa ou tragédia, como bem diria o pensador alemão Karl Marx, o chamado segundo ciclo da borracha fomentou uma nova onda de migrações para o Acre. Os nordestinos, também chamados de “arigós”, produziram “borracha para a vitória” dos aliados, mas tão logo a guerra foi declarada encerrada, em 1945, todas as promessas que o governo federal fizera aos “soldados da borracha” caíram por terra.

Os arigós jamais conseguiram os mesmos privilégios, salários e honrarias dos pracinhas da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que combateram na Europa. O que houve foi exatamente o contrário, já que o poder público abandonou-os à própria sorte naquela selva. O beribéri, a malária, os animais silvestres, a melancolia, dentre outros, dizimaram-nos aos montes, fazendo dessa irresponsabilidade governamental um verdadeiro “hecatombe social”.

Dissabores e adversidades à parte, formamos um povo e tínhamos um território a administrar. Em 1962, o Acre foi elevado à categoria de Estado e, a partir de então, sua população passa a ter o direito de eleger seus próprios representantes políticos, que assumiriam a responsabilidade de tornar o Acre mais uma vez viável economicamente. Todos esses eventos, somados à luta dos seringueiros contra os pecuaristas nos anos 1970 e 1980, são espécies de capítulos da “saga do povo acreano”. Atualmente, a defesa do gentílico “acrEano”, pode ser que figure como mais uma etapa dessa história aguerrida.

No entanto, essa não é a opinião do professor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Eduardo Carneiro, que já há um bom tempo vem alertando sobre as manipulações que fazem parte da versão epopeica da história do Acre. Segundo ele, o processo de formação histórica do Acre foi marcado por uma série de práticas violentas e corruptas desabonadoras da representação “gloriosa” que os livros trazem. Por isso, ele prefere tratar o período com o conceito de “patogenia”, já que, segundo acredita, a sociedade acriana foi constituída, desde sua gênese, por “patologias sociais”.

O “sangue” e o “lodo”, no subtítulo do seu primeiro livro, publicado em 2015, representam tais patologias, que em resumo podem ser assim identificadas: fraudes no aviamento, conflitos armados, estupro de nativas, invasão de territórios, extermínio indígena, concentração fundiária, descaminho da borracha, escravidão por dívidas, sonegação fiscal, tráfico de mulheres e mercantilização feminina, exploração predatória da natureza, extermínio de culturas milenares, inconstitucionalidade, entre outros.

O professor alerta que a versão epopeica da história do Acre não tem compromisso com a verdade dos fatos e que foi escrita com a missão de fomentar o otimismo, a união e o ufanismo na comunidade local. Ele explica que a identidade acrEana foi inventada e sustentada por políticas simbólicas que se materializam, dentre outras, por meio da divulgação daquilo que ele chama de “abuso da história”. A defesa do gentílico “acreano”, portanto, faz parte dessa política de engrandecimento do acrEano, ocasionando o que ele chama em seu último livro de “megalomania coletiva”.

Em seu livro a Epopeia do Acre e a Manipulação da História no Movimento Autonomista ao Governo da Frente Popular do Acre, ele mostra como essa versão epopeica se tornou hegemônica. Diz que assim aconteceu porque ela se tornou em uma importante ferramenta na defesa dos interesses de grupos políticos dominantes. Segundo ele, tanto o Movimento Autonomista quanto a Frente Popular fizeram uso político do passado para promover suas causas.

Veja os livros do professor e pesquisador, Eduardo Carneiro, clicando aqui.

“Mas o povo não precisa de epopeia, muito menos de heróis. Precisamos, sim, de uma educação emancipatória que promova a conscientização popular. Defendo um ensino sincero da história do Acre, pois prefiro provocar feridas narcisistas no ‘eu’ acriano a ter uma imagem dele mais próxima do real, do que me embriagar no ‘acreAnismo’ e sentir orgulho em ‘eu’ acriano que não existe”, acrescenta o historiador.

Historiador e economista, com mestrado em Linguagem e Identidade, doutor em História Social pela USP (Universidade de São Paulo) e doutorando em Estudos Linguísticos pela Unesp (Universidade Estadual Paulista), Eduardo de Araújo Carneiro, 37, a convite esteve na redação da ContilNet e concedeu a seguinte entrevista:

ContilNet – Como o senhor avalia o debate acerca dos gentílicos “acreano” e “acriano”?

Eduardo Carneiro – Atualmente vejo um apego muito grande por parte de representantes da elite acriana pelo gentílico “acreano”. Devido à apologia que fazem, resolvi estudar o termo mais profundamente. No entanto, minhas pesquisas ainda estão em andamento, mas já posso emitir algumas opiniões que ficarão expostas no decorrer dessa entrevista. Bem, o Acordo Ortográfico brasileiro prevê o uso da grafia “acriano” como norma padrão. Apesar de ratificada e promulgada, as mudanças ortográficas previstas ainda entraram em vigor imediatamente, pois sua obrigatoriedade foi adiada de janeiro de 2013 para janeiro de 2016. Nessa fase de transição, as novas regras passaram a ser usadas, embora em caráter experimental e, nesse contexto, as duas grafias poderiam ser consideradas corretas do ponto de vista normativo da língua. No entanto, a partir do início desse ano, apenas a grafia “acriano” consta como padrão de norma culta. Eu avalio o debate sobre o gentílico como algo “improdutivo” e sem razão de ser se levado em consideração tantos outros temas fundamentais e urgentes que afetam o nosso Estado. Se os nossos intelectuais se unissem para discutir o endividamento público do Estado e depois lançassem uma nota pública ou fizesse consulta popular sobre a manutenção ou não da aposentadoria de ex-governador ganharíamos muito mais, e a comunidade acriana agradeceria. Na próxima geração, ninguém mais sentirá falta do “acrEano”, assim como não sentiram do “Brazil”.

TARAUACÁ: RIVERA GOLEIA REAL MADRID E SE SAGRA CAMPEÃO DO RACHÃO 2015/2016

Rivera Campeão (foto:DCCarlos Voz de Ouro)
O Rivera conquistou o título de Campeão do Rachão 2015/2016 ao golear a equipe do Real Madrid pelo placar de 8 x 3. A partida final aconteceu na noite desta sexta feira, 5/2, no ginásio Local, com participação de grande público. O jogador destaque foi o craque


Após receber o troféu de campeão, os atletas e a comissão técnica desfilaram pelas ruas da cidade num caminhão do corpo de bombeiros. 


A partida foi transmitida ao vivo pela Rádio Comunitária Nova Era FM, com narração de F. Salles, comentários de Ayrton Melo, reportagens de Abimael Lopes e trabalhos técnicos de Kesiane França e José Gomes.
Sinteac, Secretaria Municipal de Esportes, Rádio Nova Era FM, Acre Bike, Auto Escola Soares, KSB Stúdio, TK Gospel, Amazon Gás, D&K, Gabinete do Deputado Major Rocha, Gabinete do Deputado Estadual Jesus Sérgio e Gabinete da Vereadora Janaina Furtado, colaboraram para o sucessos do campeonato.

ONU defende direito ao aborto em países atingidos pelo Zika Virus

O alto-comissário de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Zeid Ra’ad Al Hussein, defendeu hoje (5) que países com surto do vírus Zika autorizem o direito ao aborto em casos de infecção em gestantes, uma vez que o quadro pode estar relacionado ao aumento de bebês diagnosticados com microcefalia.

Segundo Hussein, garantir os direitos humanos de mulheres nesse contexto é essencial para que a resposta à emergência em saúde pública relacionada ao Zika seja efetiva. “Isso requer que os governos garantam às mulheres, homens e adolescentes o acesso a informações e serviços de saúde reprodutiva e sexual abrangentes e de qualidade, sem discriminação”, disse, durante coletiva de imprensa em Genebra.

Ainda de acordo com o porta-voz da ONU, os serviços em questão envolvem a contracepção (incluindo a oferta de pílula do dia seguinte), a saúde materna e o aborto seguro e legal. “Claramente, conter a epidemia de Zika é um grande desafio para os governos na América Latina”, disse. “Entretanto, a orientação de alguns governos para que mulheres adiem a gravidez ignora a realidade de que muitas delas simplesmente não podem exercer controle sobre quando e em que circunstâncias ficar grávida.”

Por meio de nota, a própria ONU reforçou que, em meio à contínua propagação do vírus Zika pelo mundo, autoridades devem garantir que as respostas em saúde pública estejam em conformidade com suas obrigações no campo de direitos humanos. A entidade destacou ainda que uma relação causal entre os casos de infecção pelo vírus, a microcefalia e casos de Síndrome de Guillain-Barré ainda estão sendo investigados.
 
A Tribuna-Acre