CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 25 de março de 2015

TARAUACÁ: VEREADORES VÃO PEDIR CRIAÇÃO DE UMA CPI PARA INVESTIGAR CONTRATOS DE LOCAÇÃO DA PREFEITURA.

Sessão da Câmara de Verfeadores
Contratos de locação de imóveis e de veículos, por parte da prefeitura do município, foi o tema que alimentou o debate desta segunda feira, 24 de março, na câmara de vereadores, imprensa local e bastidores da política tarauacaense.

O dia começou com a notícia de que a Promotoria Pública do município, através do Promotor Luís Henrique Rolin, havia instaurado um inquérito civil para investigar a prefeitura em decorrência de uma matéria publicada no Blog Tarauacaagora, do Blogueiro Leandro Matthaus, onde o mesmo denunciou possível favorecimento de aliados do prefeito através do aluguel de um box (imóvel) construído em alvenaria com valor considerado exorbitante.

Locação desse box por quase 2 mil reais foi o estopim do debate  
Depois na câmara os vereadores Mirabor Leite (PMDB), Janaina Furtado (PSD) e João Moreira (PSB) fizeram duros discursos pedindo que a câmara exercesse seu papel constitucional de fiscalizar o uso do dinheiro da população. Esses três vereadores vão apresentar um requerimento pedindo que os demais colegas aprovem a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar esses contratos e outros indícios de irregularidades na administração.

Mirabor Leite - PMDB
“É vergonhoso o Ministério Público, que já tem trabalho demais e só conta com um promotor de justiça, ter que cumprir um papel que é de responsabilidade da câmara. Isso é inaceitável”. Foi o que disse o vereador Mirabor Leite. 

Janaina Furtado -PDS
Já a Vereadora Janaina Furtado disse que não quer fazer de um possível processo de investigação um mero jogo político. “A população espera atitude da câmara e temos que dar respostas ao povo da nossa cidade. Não estamos acusando e nem inocentando os possíveis envolvidos. Mas vamos ter que investigar, afinal, foi pra isso que nos elegemos”, disse a parlamentar.


Para o Vereador João Moreira , a Câmara tem que fazer sua parte, pois a mesma inclusive já deve ter conhecimento de várias situações consideradas irregulares. "'Quem, não deve não tem nada a temer", disse o vereador do PSB.

Um documento com o pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito está sendo elaborado com base nos indícios e será apresentado à câmara brevemente. Esse pedido somente para ser apresentado na câmara, precisa contar com assinatura de, no mínimo 4 vereadores e, para ser aprovado, precisa do voto da maioria dos parlamentares da casa. 

Nenhum comentário: